Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Escolha uma Página
Um grande alerta à população de Ribeirão Preto e região.
Estamos em um momento de grande risco devido à Pandemia da Covid 19 e a situação é extremamente grave.
Estamos diante de um vírus novo, invisível e extremamente agressivo que não distingue raça, credo, condições econômicas ou sociais. O número de casos agudos e de óbitos é o maior desde o início da pandemia. Devido a novas mutações gerando cepas mais contaminantes, temos um aumento crescente de pessoas doentes em vários estágios de gravidade, porém o vírus não circula sozinho ele depende de contato entre as pessoas para se instalar em cada um de nós e provocar a doença, por consequência, exigindo mais leitos e infraestrutura de atendimento em todos os níveis do sistema de saúde.
Para tentar atender a todos, mais leitos foram criados e transformados nos hospitais públicos e privados de Ribeirão Preto e na nossa Região, porém por mais que tenhamos tido êxito na ampliação de nossa capacidade, todos os leitos já estão praticamente com ocupação total, deixando pacientes graves e com risco de morte em unidades de Emergência na espera de vagas disponíveis. Uma grande parte deles esperando por uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Hoje para cada alta que damos de nossas instituições já temos pelo menos dois novos pacientes aguardando a internação. Estamos totalmente limitados para novas ampliações, ou por falta de infraestrutura (espaço físico, equipamentos) ou por falta de profissionais capacitados ao atendimento destes pacientes (médicos, enfermeiros, fisioterapeutas).
A atuação de nossas equipes é competente, dedicada, solidaria e responsável, porém após um ano de pandemia muitos estão exaustos, sem descanso (inclusive as férias na maior parte de nossas instituições foram suspensas) e mesmo assim estes profissionais saem todos os dias das suas casas para tratar esta imensa quantidade de pacientes que estamos atendendo todos os dias. É um ato de responsabilidade e sobretudo solidariedade.
Nós Diretores dos Hospitais de Ribeirão Preto, cientes de nossa responsabilidade em garantir a segurança da assistência e zelar pela boa pratica médica de nossas instituições vimos a público demonstrar a nossa preocupação quanto ao esgotamento absoluto dos recursos para manter o atendimento dentro dos padrões exigidos, mesmo em nossa cidade que tem um sistema de saúde muito bem organizado e reconhecido nacionalmente.
Estamos passando pelo momento mais crítico da Pandemia desde o seu início, enquanto aguardamos por um maior número de vacinas, entendemos que foi indispensável determinar o lockdown, atitude mais dura e impopular, porém após muitas tentativas frustradas de graus diferentes de limitação de atividades na cidade. Julgamos muito acertada, entretanto, para interromper o avanço descontrolado do contágio do Covid-19 e evitar o colapso total do nosso sistema de saúde.
Este bloqueio garante o distanciamento social necessário e obrigatório com a redução da transmissibilidade do vírus, caso contrário, não haverá leitos em quantidade suficiente para atender a todos e começaremos a ver nossos parentes, amigos ou conhecidos nas filas de espera dos nossos hospitais que estarão sem capacidade de atender a todos.
O respeito aos princípios da Ciência, das melhores práticas medicas decidimos fazer esta comunicação com o firme propósito de alertar a todos os Ribeirãopretanos e nossos vizinhos para o grave momento que nos encontramos e pedir que nos ajudem e ajudem também às nossas autoridades públicas e sanitárias a preservar e salvar vidas.
Ribeirão Preto, 17 de março de 2021

 

Hospital Beneficência Portuguesa
Ricardo Marques
Hospital das Clínicas de Ribeirao Preto
Prof. Dr Benedito Carlos Maciel e
Prof. Dr. Antonio Pazin Fo.
Hospital Especializado
Dr. Pedro A. Palocci
Hospital Estadual de Ribeirao Preto
Prof. Dr. Wilson Salgado Jr.
Hospital Ribeirania
Dr. Pedro A. Palocci
Hospital Santa Casa de Ribeirao Preto
Amauri Elias Calil
Hospital São Lucas
Dr. Pedro A. Palocci
Hospital São Paulo
Dr. Paulo Cesar D. Antoniazzi
Mater – Centro de Referência da Mulher
Profa. Dra. Elaine Christine D. Moisés